Publicidade
MidiaFlex
Publicidade
Prefeitura coloca em dia manutenção da frota de ambulâncias e aguarda novas viaturas do Samu
...


A Prefeitura de Dourados, por meio do departamento de manutenção da frota, colocou em dia a situação das ambulâncias que atendem no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e das que fazem o transporte de pacientes para tratamento fora de Dourados.



Segundo informação da Secretaria de Saúde, mais uma vez a frota de ambulâncias está com a situação em dia. Como são veículos com rodagem muito alta devido ao serviço que executam, as ambulâncias necessitam manutenção periódica e a determinação da prefeita Délia Razuk é que os veículos sejam cuidados até que possam ser trocados pelos novos que a União deve enviar.



Em relação ao Samu, a frota em atividade é de três viaturas rodando, com uma na reserva, e terminando a manutenção na mecânica e uma quinta viatura, que vai para a reserva também. Além destas, a viatura para transporte de pacientes, de cor alaranjada, também está em dia.



Segundo informações do Samu, a espera por novas ambulâncias já dura algum tempo em Dourados. A troca deve ser feita a cada três anos, mas as mais novas ambulâncias do Samu em Dourados estão atuando desde 2014 (são de ano/modelo 2013), e as mais antigas, desde 2008.



De três a quatro viaturas novas estariam a caminho, aguardando apenas liberação em Brasília. Em março deste ano, os municípios de Corumbá, Coxim, Ribas do Rio Pardo e Terenos receberam ambulâncias novas. Somadas, as populações destas cidades representam pouco mais de 150 mil habitantes.



Além do Samu, foi feita a manutenção das ambulâncias da Secretaria de Saúde para viagens que levam pacientes e todos os veículos, inclusive os que atendem os distritos, estão com a mecânica em dia.



Além de maior segurança e desempenho na atuação do Samu, a renovação da frota gera economia para a administração pública, que passa a gastar menos com manutenção. De acordo com a Secretaria de Saúde, o investimento para recuperar as viaturas em 2017 foi de R$ 200 mil só no início da gestão. Os veículos necessitavam de revisões, desde a parte elétrica até a aquisição de motor.


Envie seu Comentário

Publicidade
Olho Magico
Com tantos candidatos, há a tendência de os eleitores — porque a mídia eletrônica, rádio e TV, priorizam as candidaturas majoritárias, de presidente, governadores e senadores — desprezarem o pleito proporcional, aquele que elege os deputados, federais e estaduais.
Publicidade
Foto Materia
O Brasil passa por grandes problemas políticos, econômicos e sociais, como nunca se viu em toda sua história.
Publicidade