Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Em evento na UFGD, ministra da Agricultura afirma que o Sistema de Plantio Direto é a marca da agricultura sustentável no País

Na manhã desta terça-feira, dia 1, aconteceu a solenidade de abertura do 17º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha (ENPDP), evento promovido pela Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (FEBRAPD) tendo a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), como principal parceira.

Na solenidade de abertura, o presidente da FEBRAPDP, Jônadan Ma, agradeceu não somente à parceria da UFGD, mas também às outras instituições de Mato Grosso do Sul que apoiam o evento: a Embrapa Agropecuária Oeste, a Fundação MS, o Grupo Plantio na Palha – Dourados/MS, o Sindicato Rural de Dourados, o Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS), a Unigran e o Grupo Para Intercâmbio de Agrotecnologia (GIATEC).

A reitora pro tempore da UFGD, Mirlene Damázio, elogiou os servidores da universidade envolvidos na organização do evento, com destaque ao professor Luiz Carlos Ferreira de Souza e ao agrônomo Bruno Pontin, coordenador da Fazenda Experimental. Ainda, Mirlene enfatizou que a UFGD tem um histórico de pesquisas relevantes na área das Ciências Agrárias e que as parcerias com diferentes instituições garantem que o conhecimento produzido na Universidade seja levado à prática para o benefício do setor produtivo dentro das premissas da sustentabilidade econômica e ambiental.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, participou da solenidade de abertura, saudando o evento. Nas palavras dela, “o Sistema de Plantio Direto é a marca da agricultura sustentável no País, é a agricultura que dá certo no Brasil. Desejo que tenham muito sucesso no evento e que possam passar muitas informações para os produtores não só do Mato Grosso do Sul, mas de todo o País”.

EVENTO ONLINE

Pela primeira vez em 17 edições, o ENPDP está acontecendo em plataforma on-line. A programação conta com quatro painéis, colocando lado a lado a experiência de produtores rurais brasileiros e dados coletados por pesquisadores do País e do exterior.  As palestras abordam desde o “bê-á-bá” do Sistema de Plantio Direto, até os resultados alcançados por produtores das regiões Sul e Centro-Oeste do País, passando também pelas dificuldades encontradas e as inovações que o mercado vem criando para promover alta produtividade.

Um dos destaques da programação é o Dia de Campo virtual que acontecerá amanhã, dia 3 de dezembro. Os participantes terão a oportunidade de testemunhar o resultado de pesquisas realizadas na Fazenda Experimental da UFGD, ao vivo.

Ainda é possível fazer a inscrição e participar do evento, por meio da página do 17º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha (ENPDP). As palestras ficarão disponíveis na plataforma por 30 dias, para acesso aos participantes.

febrapdp
Representando a FABRAPDP: um dos pioneiros e embaixadores do Sistema de Plantio Direto no Brasil, Herbert Bartz, o presidente da FEBRAPDP, Jônadan Ma, e a pesquisadora Marie Bartz.

Scroll Up